terça-feira, 26 de abril de 2011

Permita-se

"Permita-se novos amores, novos tremores.
O sabor do complemento."




E eu que já não tinha mais esperanças, e que decidi não sorrir mais pro amor, estou aqui
tentando te convencer que você pode sim ser amado.
Não tente me provar que estou louca , logo você que não acredita no amor .
Esses sim são loucos, todos os poetas estão ao meu favor. Só é louco aquele que não se deixa amar .
E acredite , eu sei o que é sofrer de amor. Não importa como foi ou como é , a dor é sempre a mesma. Dói sempre no mesmo lado do peito .
Não precisamos seguir todas as leis, não precisamos ter compromissos oficiais nem assinar decretos. É só permitir amar , sem regra , sem receita , sem passo a passo. Se o resultado não for o esperado valeu o experimento. Experimentar você.
Mas se mesmo assim você me negar, só não me deixe só, porque eu tenho medo do escuro, medo do inseguro , dos fantasmas da minha voz .


Embalado pelas musicas da Vanessa da Mata , para uma grande amiga ;)

3 comentários:

  1. o Amor ainda está por aí ... só o desconhece quem não Ama a si mesmo. Muita Luz Tuga !!!
    #Euacredito

    ResponderExcluir
  2. Que bom ver você por aqui querido . Muita Luz pra nós ;)

    ResponderExcluir

Desenrola ai ...

Sinta


♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com